7 dicas naturais para livrar suas plantações das lagartas!

Lagartas são pragas silenciosas, em número impressionante e podem acabar com uma fonte de alimentação e renda: suas plantações. Veja como se livrar delas!

Uma imagem contendo animal, invertebrado, estágio, gramaDescrição gerada automaticamente

Legenda da imagem dicas naturais livrar lagartas

Antes de começarmos nossas dicas, vale uma primeira que é valiosa: é importante aprendermos a lidar com as Lagartas em um certo nível de presença delas.

Mas como, se elas são capazes de dizimar uma pequena lavoura em dias e acabar com a alimentação ou a renda de uma família? Certamente, a última coisa que podemos pensar é que ter uma infestação desses animais é positivo.

Por outro lado, elas também são agentes do ecossistema, como todas as espécies. Algumas ajudam na oxigenação do solo, da forma como as minhocas também fazem, e as lagartas são uma forma transitória de dois animais adultos: as borboletas e as mariposas.

Elas futuramente estarão polinizando e semeando o solo, ajudando no reflorestamento e no equilíbrio do ecossistema e que, em última análise, favorece todos que estão nele – especialmente os humanos, que precisam produzir com o que ele oferece.

Portanto, além de considerar o extermínio das lagartas como uma solução importante, avalie a real necessidade, para não mover rotinas e exterminar uma quantidade que não afeta suas plantações e perder a beleza encantadora que futuramente estará em seus jardins!

Dito isto, vamos falar de 7 dicas naturais para livrar suas plantações das lagartas

Como avaliar a necessidade de exterminar as lagartas?

Como falamos anteriormente, é preciso avaliar a real necessidade der eliminar as lagartas na sua propriedade, pois elas exercem um papel dentro do ecossistema da região onde estão.

Além disso, os esforços para eliminá-las – e vamos falar de alguns mais adiante – podem ser desproporcionais aos riscos que elas estão trazendo e até trazer efeitos colaterais.

Podemos dizer que evitar ou controlar são as ações mais eficazes e que não trazem transtornos. Mas como avaliar se é preciso dizimar a praga?

Uma boa forma é verificar diariamente o crescimento da população de lagartas em toda a propriedade – áreas verdes e construídas, que elas podem usar como acesso. 

Não existe um percentual ideal, mas o olhar atento e diário ajudará a decidir se o crescimento é tão lento que o ciclo de evolução em inseto adulto resolva e não precise interrompê-lo.

Quer saber mais sobre a vida e o comportamento das lagartas.

01 – Atrair aves para livrar sua plantação das lagartas

As aves são os maiores predadores das lagartas e podem ser uma forma natural de prevenir e combater a praga na região sob risco. Para isso, crie condições para que elas se sintam atraídas naturalmente pelo local:

  • Estruturas com casinhas;
  • Alimentadores;
  • Bacias com água.

Dessa forma, você estará não só protegendo suas plantações, mas também contribuindo para a dinâmica do meio ambiente e a qualidade de vida de algumas espécies de aves, desde pássaros de médio e grande porte até gaviões e aves de rapina.

Mas cuidado com os pombos

Esses também são grandes pragas urbanas, com efeitos graves para a saúde das pessoas. Se existir o risco deles serem atraídos, essa dica deve ser descartada – ou então a área plantada precisará ser muito distante de pessoas, animais domésticos e de rebanho.

02 – A criação de aves é eficaz para livrar sua plantação das lagartas

Outra medida bastante eficaz é a criação de aves, como galinhas e perus, que são consumidoras vorazes de lagartas

Para implementar essa solução, é preciso avaliar a área, para que as aves não danifiquem a plantação, e que elas estejam seguras de predadores – cachorros-do-mato, por exemplo.

Uma alternativa para preservar a lavoura é colocar a criação de aves no caminho entre a origem das larvas – matas, pedras – e a área de plantio, para que sejam capturadas antes.

Com uma criação, você pode literalmente salvar a lavoura e ainda ter uma nova fonte de alimento e de renda!

Uma imagem contendo animalDescrição gerada automaticamente

Legenda da imagem | Dicas naturais para se livrar das lagartas

03 – Polvilhe pimenta no solo para evitar as lagartas na plantação

A pimenta tem propriedades desinfetantes e é um repelente natural de várias espécies, entre elas as lagartas. Você pode triturar uma quantidade e polvilhar no entorno das plantas.

Dessa forma, evita-se a principal forma de acesso que é pelo solo até chegar ao caule. 

Cinzas de lareiras e fornos de barro e pedaços pequenos de alho também são boas opções para espantar a praga.

04 – Use plantas aromáticas para evitar as lagartas na plantação

As plantas aromáticas, como o manjericão e o hortelã, liberam odores que atraem vespas, um dos maiores predadores da espécie.

Assim, elas podem devorar a praga e também espantar uma infestação.

05 – Use inseticidas naturais para afastar as lagartas na plantação

Existem algumas fórmulas simples e eficientes de inseticidas naturais – que não usam produtos químicos – para dizimar e espantar lagartas.

Mistura de água e sabão

Use uma mistura de água e sabão biodegradável e à base de plantas em uma garrafinha spray para borrifar diretamente na praga. A solução vai destruir a pele delas.

Mistura a base de alho

O alho é considerado um excelente defensivo agrícola e você pode fazer uma mistura para aplicar nas folhagens.

Os ingredientes são: um quilo de alho, cinco litros de água, cem gramas de sabão e vinte colheres de óleo mineral. 

  1. Moa o alho e deixe repousando por 24 horas com o óleo;
  2. Em paralelo, dissolva o sabão na água quente;
  3. Coloque a solução do alho no sabão dissolvido;
  4. Misture bem e filtre a mistura;
  5. Junte o resultado a partes de água na quantidade desejada para a extensão da área.

Pulverização com cravo de defunto

Essa solução é bastante recomendada para infestações e muito simples. Você precisará apenas de um quilo de folhas da planta e dez litros de água.

Junte os ingredientes e ferva por 30 minutos. Deixe de molho por 48 horas e coe o caldo. Depois, é só pulverizar nas folhas.

06 – Use armadilhas para afastar as lagartas na plantação

Não são exatamente um método natural, mas as armadilhas com feromônios são uma solução não invasiva nas plantas e nas pessoas e animais e tem ótimos resultados.

O uso é direcionado aos machos, atraídos pelo feromônio – o odor liberado pelos hormônios da fêmea na época do acasalamento. Presos nas armadilhas, você pode descartar em uma região distante e segura.

Assim, as fêmeas não poderão reproduzir e a população vai reduzindo aos poucos – junto com as soluções de prevenção e de extermínio.

07 – Use um pesticida de jardim

Essa deve ser a última opção, pois alguns produtos podem ter efeitos nocivos sobre a área plantada, animais domésticos e pessoas. 

Caso queira usar, procure uma loja que tenha experiência e reputação para oferecer o produto, mas depois de ter algumas informações sobre a sua situação. Avalie bastante essa escolha, por isso a confiança no estabelecimento é fundamental!

Evite o contato ao tentar afastar as lagartas na plantação

Uma forma manual de controle dessa praga é a coleta manual dos indivíduos. Isso funciona bem apenas em pequenas plantações e quando a espécie está surgindo.

Nesse caso, você deve usar luvas resistentes e pinças longas. Não toque o animal, mesmo com luvas, pois muitas espécies de lagartas são venenosas e você não vai querer testar isso, certo?

Réptil verde em cimaDescrição gerada automaticamente

Legenda da imagem Com dicas naturais livrar lagartas

Como podemos ver nesse artigo, existem soluções simples e naturais para livrar suas áreas verdes e plantadas da praga das lagartas, que causa tantos prejuízos aos brasileiros. 

Podemos dizer que essas sugestões podem agir muito bem nas pequenas e médias plantações. Para grandes culturas, é importante consultar um especialista em Controle de Pragas

Gostou desse conteúdo?

Continue navegando em nosso site e veja que temos mais informações úteis!Acesse também o nosso blog, com artigos relacionados e muito atuais.